Acompanhe ao vivo a sua rádio

Bienal de Curitiba comemora 25 anos de história. Abertura será em 18 de outubro - 15.10.2018

Um dos principais eventos de arte do circuito mundial, a Bienal de Curitiba completa 25 anos de história em 2018 com uma programação, do dia 18 de outubro a 30 de dezembro.

O evento visa presentear Curitiba com mais um recorte da arte contemporânea mundial, como forma de relembrar a história da Bienal. A abertura oficial será no dia 18 de outubro, às 19h, no Museu Oscar Niemeyer. A cerimônia é livre para todos os públicos e a entrada é gratuita.

Diversos espaços culturais da cidade, públicos e privados estarão participando da programação da Bienal, com intervenções urbanas e exposições em espaços culturais, museus e galerias de arte. Nesta edição, haverá uma intervenção pelos ônibus da Rede Integrada de Transporte Urbano e terminais de ônibus com exibição de obras de videoarte, aproximando a arte do cotidiano dos curitibanos e visitantes da Bienal. Também integra a programação o SABRA - Festival de Arte Brasil x Israel 2018, o Circuito de Ateliês, Circuito de Galerias e o Gallery Night.

A noite de abertura conta ainda com a apresentação da performance “Oito Visões” a partir das 21h, na rampa de acesso do bloco principal do MON. A performance é uma criação de H-ALe com a participação da Curitiba Cia de Dança, e uma programação internacional de mostras na Argentina e no Paraguai.

PROGRAMAÇÃO

NO MON:

Exposição “Leonardo Kossoy” - a exposição do renomado artista Leonardo Kossoy apresenta quatro segmentos de seu trabalho recente. São fotografias dos projetos “Waterscapes”, de 2007, e “OnlyYou”, de 2014, além das séries inéditas “Inventário do Mundo” e “Caindo no inferno da imagem”. As obras de Leonardo Kossoy conquistaram grande reconhecimento e destaque da crítica especializada nacional e internacional.

Exposição “Acordos Tácitos” - apresenta artistas de destaque que já passaram por edições anteriores da Bienal. Esta exposição reúne obras de diferentes artistas.

Performance “Oito Visões”, de H-AL e Curitiba Cia de Dança - performance “Oito Visões” será apresentada na noite de abertura da Bienal de Curitiba 2018, a partir das 21h, na rampa de acesso do bloco principal do MON. A performance é uma criação de H-ALe com a participação da Curitiba Cia de Dança.

Exposição “Dragão Floresta Abundante - A Aventura de Christus Nóbrega na China” - mostra multimídia  traz o olhar do artista sobre a cultura chinesa.

Fábrica de Pipas - A proposta do artista é convidar as pessoas para entrarem na “fábrica”, vestirem uniformes e produzirem pipas, como se fossem trabalhadores de uma fábrica de pipas da China.

“Rayuelarte”, de Marta Minujín e Patrícia Pellegrini - A obra “Rayuelarte”, trazida para a Bienal de Curitiba 2018 | 25 Anos pela escritora argentina Patricia Pellegrini, tem como inspiração a obra de Marta Minujín, criada para homenagear o livro que carrega o mesmo nome, do autor Julio Cortázar. Pellegrini trabalha com arte e educação e irá lançar o livro “História para crianças” na Bienal de Curitiba 2018.

“Seranum”, da paranaense Eliane Prolik - A instalação acontece de 18 a 21 de outubro.

NO MUSEU PARANAENSE

Lívio Abramo

A partir da arquitetura antiga dos povos paraguaios, as poderosas xilogravuras de Lívio Abramo que é gravador, desenhista e pintor brasileiro de renome internacional.

NA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ

Durante a Bienal, o público poderá conferir três exposições na Biblioteca Pública do Paraná. As exposições são de gravuras feitas pelos principais artistas gráficos, cartunistas e ilustradores do país para a seção retrato do jornal Cândido, um apanhado de 45 edições demonstrando a pluralidade de estilo entre os artistas. Haverá também uma exposição do artista modernista Meyer Filho, com diversas de suas gravuras em preto e branco.

NO HALL DA SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA

Na sala de exposições da Secretaria de Estado da Cultura, o público pode conferir as obras dos artistas Emerson Persona e Marcos Bento

NO ESPAÇO CULTURAL DO CONSULADO DO PARAGUAI

Uma mostra coletiva reunindo artistas renomados.

 PROGRAMAÇÃO INTERNACIONAL

Além da programação em Curitiba e Cascavel, a Bienal de Curitiba possui mostras na Argentina e no Paraguai. Elas podem ser conferidas no MuseoCaraffa em Córdoba, com obras de André Nacli (AR) e no Espaço Cultural da Embaixada do Brasil (exposição de Guita Soifer e Lucinda Simas Magalhães), FundaciónTexo, Museodel Barro e o Museo Nacional de Bellas Artes (exposição de Paz Encina) em Assunção (PY).

Realização: Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Museu Oscar Niemeyer, Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Paraná, Ministério da Cultura do Governo Federal.

Apoio: URBS.

Patrocínio: Copel, Sanepar, PG Mais, Itaipu Binacional, Furnas, Rumo, Arterial, Sunew, Centro Cultural Banco do Brasil. Construtora da Bienal: Cima Engenharia.

SERVIÇO:

Bienal de Curitiba 2018 | 25 Anos

Data: de 18 de outubro a 30 de dezembro de 2018

Contatos

Telefone: 41 3086.0957

Email: ouvinte@95fmcuritiba.com.br

Redes sociais